Reflexão sobre no Dia Mundial do Diabetes


Publicado em 14/11/2019

No Dia Mundial do Diabetes, fica uma reflexão.

Apesar de existir a Diabetes Tipo 1 e outros subtipos causados por questões autoimunes, a grande maioria é a Diabetes Tipo 2, uma pandemia mundial.

Antigamente, chamava-se de Diabetes do Adulto e hoje já é encontrada em muitas crianças e adolescentes.

Mas por que aumentou tanto?

Porque esta é uma doença de estilo de vida! E estamos comendo muito errado. Estamos ofertando muita glicose desde cedo, seja na forma de açúcar, ou amido escondido.
Desta forma, prejudicando o bom funcionamento do metabolismo. Acabamos por nos tornar intolerantes à glicose. Criamos um organismo que agora fica em um estado crônico de aumento de insulina e resistente a mesma, com todas suas consequências: gordura visceral, glicemia de jejum alterada, hemoglobina glicada alta, HDL baixo, triglicerídeos altos, inflamação, todas sequelas do diabetes, perda renal, visão, etc.

Então, vamos prevenir!

1) Se diabetes tipo 2 é uma forma de intolerância à glicose.
2) Esta intolerância manifesta-se por resistência à insulina com consequente hiperinsulinismo e hiperglicemia.
3) A prevenção e tratamento óbvio é a retirada da substância mal tolerada (açúcar e amido) da dieta, como se faz em todas as doenças caracterizadas por intolerâncias alimentares.

Felizmente, já conseguimos ver que esta abordagem com baixo carboidrato começa a ser empregada entre médicos atualizados. Os estudos com nível de evidência grau I (ensaios clínicos e metanálises) já empilham vantagens nesta estratégia.

Desejamos que outros profissionais abram os olhos para a melhor e lógica abordagem, que é reduzir o carboidrato destes diabéticos para o manejo adequado destes pacientes, diminuindo suas necessidades de medicamentos e sequelas.

DeivisAlbers